This website uses cookies to ensure you get the best experience on our website. Learn more

Por Que A Parker Solar Probe Não Vai Derreter? - Space Today TV Ep.1403

x

Por Que A Parker Solar Probe Não Vai Derreter? - Space Today TV Ep.1403

-----------------------------------------------------------------------------

**** CONHEÇA A LOJA OFICIAL DO SPACE TODAY!



Camisetas, e muitos produtos para vocês. Visite!

-----------------------------------------------------------------------------

Depois de explicar dois grandes mistérios do Sol, chegou a hora de explicar um grande mistério da sonda Parker Solar Probe, algo que vem tirando o sono de muita gente e inundando os comentários. Como a sonda não irá derreter chegando tão perto do Sol. É um mix de ciência e tecnologia de ponta, e espero que a resposta tenha ficado clara.

#ParkerSolarProbe

Fonte:

Parker Solar Probe II: A Origem Do Vento Solar - Space Today TV Ep.1402

-----------------------------------------------------------------------------

**** CONHEÇA A LOJA OFICIAL DO SPACE TODAY!



Camisetas, e muitos produtos para vocês. Visite!

-----------------------------------------------------------------------------

Nesse segundo vídeo da série sobre a missão Parker Solar Probe, vamos falar de outro mistério do Sol, o vento solar e a sua origem. O vento solar é muito importante pois ele pode nos afetar diretamente e o seu estudo está ligado intimamente com essa missão, já que o seu nome, Parker, vem de Eugene Parker, o pesquisador que desenvolveu a teoria sobre o vento solar. Entenda nesse vídeo o mistério sobre o vento solar, as teorias existentes para explicá-lo e como a Parker Solar Probe irá tentar resolver mais esse mistério da nossa estrela.

Fonte:

x

Os Primeiros Resultados Científicos da Parker Solar Probe - Space Today TV Ep.1621

--------------------------------------------------------------------

**** CONHEÇA A LOJA OFICIAL DO SPACE TODAY!



Camisetas, e muitos produtos para vocês. Visite!

-------------------------------------------------------------------------------

Para fazer parte do seleto grupo dos apoiadores!!!



-----------------------------------------------------------------------------

Sabe quem já apresentou seus primeiro resultados, ela mesmo, a sonda Parker solar Probe.

Os resultados foram apresentados no congresso da AGU que acontece em Washington essa semana.

A heliosífisca, a ciência que estuda o Sol e como ele afeta o espaço e a Terra, esperou por mais de 60 anos por esse momento, ou seja, quando uma sonda que passasse perto do Sol começasse a enviar seus dados científicos.

Entre os dias 31 de outubro e 11 de Novembro de 2018, a sonda Parker solar Probe completou seu primeiro encontro com o Sol, passando por sua atmosfera externa, a coroa e coletando dados sem precedentes na história.

Para quem não lembra, a sonda Parker Solar Probe tem esse nome em homenagem ao pesquisador Eugene Parker o cientista que estipulou parte das teorias sobre o Sol e sua atividade, incluindo o vento solar.

E os objetivos da Parker Solar Probe, são 3, saber como que a coroa solar é cerca de 300 vezes mais quente que a superfície do Sol, como o vento solar é acelerado e como as partículas mais energéticas do sol são expelidas a velocidades que podem chegar a metade da velocidade da luz.

Os primeiros dados científicos começaram a chegar na Terra, no dia 7 de Dezembro de 2018 e de acordo com os pesquisadores, esses dados iniciais já mostram coisas impressionantes, e indicam como a missão será promissora.

O primeiro dado interessante é essa imagem que foi feita pelo instrumento WISPR e mostra uma corrente coronal, essas são estruturas de material solar existentes dentro da atmosfera do Sol e que normalmente ocorrem em regiões onde existe um aumento de atividade solar.

Pode-se ver claramente as estruturas mais detalhadas dessa corrente coronal, com no mínimo 2 raios claramente visíveis. No momento da imagem, a Parker solar Probe estava a cerca de 27 milhões de km de distância do Sol.

o objetoi brilhante no meio é Júpiter e os pontos escuros são resultados do processamento que foi usado para corrigir o fundo da imagem.

Outro resultado é esse gráfico que mostra os dados coletados pelo Solar Probe cup, onde se pode ver uma rajada de vento solar, em vermelho na parte inferior do gráfico.

Outros equipamentos que também fazem mediçòes de partículas do sol também já geraram seus primeiros resutlados como o EPI-Lo resultados que ainda serão interepretados.

A parker solar Probe não está sozinha explorando o Sol, a NASA possui uma verdadeira frota de sondas e outras ainda virão como mostra esse belo infográfico da frota heliofísica!!

Uma dessas sondas, a STEREO-A fez esse pequeno vídeo onde ela mostra a Parker solar Probe passando pela coroa solar. Esse tipo de imagem é muito importante pois pode ser usada para contextualizar os dados obtidos pela Parker e é possível ver como a sonda realmente passou perto do Sol.

Outra parte importante é que os dados da Parker solar Probe serão usados para atualizar os modelos de comportamento do sol, a NASA possui alguns modelos feitos com dados obtidos com outras sondas, mas agora com a Parker solar Probe passando tão perto do sol, será possível atualizar esses modelos e entender de forma definitiva o funcionamento da nossa estrela.

Embora sejam preliminares os resultados já mostram fatos bem interessantes, como a corrente de material coronal, nunca antes vista dessa distância e com essa qualidade, imaginem quando a sonda estiver passando realmente perto do Sol.

#ParkerSolarProbe #Sol #NASA

Fonte:

A Jornada Da Parker Solar Probe - Space Today TV Ep.1406

-----------------------------------------------------------------------------

**** CONHEÇA A LOJA OFICIAL DO SPACE TODAY!



Camisetas, e muitos produtos para vocês. Visite!

-----------------------------------------------------------------------------

Está chegando a hora do lançamento, e antes dele acontecer, vamos dar uma passada em como ele será, que foguete será usado, as principais características desse foguete, como será a viagem da Parker Solar Probe, como ela vai usar Vênus para a sua assistência gravitacional e como será o final da missão.

Fiquem ligados no meu outro canal, onde eu farei as lives relacionadas com a Parker, mas que depois serão colocadas aqui no Space Today.

Canal das lives:

x

O Lançamento da Parker Solar Probe

-----------------------------------------------------------------------------

**** CONHEÇA A LOJA OFICIAL DO SPACE TODAY!



Camisetas, e muitos produtos para vocês. Visite!

-----------------------------------------------------------------------------

Dia 12 de Agosto de 2018, 4:31 da manhã, hora de Brasília, um momento que vai entrar para a história da exploração espacial. Foi lançada com sucesso, direto da Base da Força Aérea de Cabo Canaveral na Flórida, a bordo do foguete Delta IV Heavy da ULA, a sonda Parker Solar Probe com o objetivo de responder aos principais mistérios com relação à nossa estrela, o Sol.

Transmitimos o lançamento no meu canal secundário, e agora ele está aqui para fazer parte da Play List sobre a sonda e a missão para o Sol.

Lançamento: 30:40

Entrevista com o Eugene Parker: 45:39

Confirmação da separação da Parker do terceiro estágio: 1:16:20

Parker Solar Probe I: O Mistério do Aquecimento da Coroa Solar - Space Today TV Ep.1400

-----------------------------------------------------------------------------

**** CONHEÇA A LOJA OFICIAL DO SPACE TODAY!



Camisetas, e muitos produtos para vocês. Visite!

-----------------------------------------------------------------------------

Começamos com uma série de vídeos sobre a sonda Parker Solar Probe que deve ser lançada dia 11, sábado, às 4 da madrugada, hora de Brasília. Essa semana trarei vários vídeos sobre ela e para começar vamos entender um dos grandes mistérios do Sol, o aquecimento da coroa solar, a atmosfera do Sol que deveria ser mais fria que a superfície da nossa estrela, mas é cerca de 200 vezes mais quente. E vamos entender também, como a Parker Solar Probe vai tentar resolver esse mistério.

#ParkerSolarProbe

Fonte:

x

InSight Na Metade do Caminho Para Marte - Space Today TV Ep.1419

-----------------------------------------------------------------------------

**** CONHEÇA A LOJA OFICIAL DO SPACE TODAY!



Camisetas, e muitos produtos para vocês. Visite!

-----------------------------------------------------------------------------

A missão InSight da NASA acaba de passar pela metade do caminho na sua jornada até o Planeta Vermelho. Nesse marco para a missão, os instrumentos foram ligados para garantir que estão funcionando bem, e a câmera também foi ligada e fez uma selfie dentro da sua concha protetora. A matéria completa está no blog:

Recorde: Parker Solar Probe É A Sonda Mais Próxima do Sol na História - Space Today TV Ep.1550

--------------------------------------------------------------------

**** CONHEÇA A LOJA OFICIAL DO SPACE TODAY!



Camisetas, e muitos produtos para vocês. Visite!

-------------------------------------------------------------------------------

Para fazer parte do seleto grupo dos apoiadores!!!



-----------------------------------------------------------------------------

A missão nem começou direito e já temos recorde!!!

A Parker Solar Probe se tornou a sonda espacial na história a chegar mais perto do Sol.

A sonda no dia 29 de Outubro de 2018, às 14:04, hora de Brasília chegou a 42.7 milhões de quilômetros do Sol.

O recorde anterior pertencia a sonda Helios 2 que chegou perto do Sol em Abril de 1976.

Mas esse recorde da Parker Solar Probe não é nada, pois ela irá quebra-lo repetidamente, até chegar 6.1 milhões de km do Sol, em 2024.

Se passaram somente 78 dias desde o lançamentos a Parker já se tornou a sonda mais próxima do Sol da história da exploração espacial.

E ela deve bater outro recorde, que também pertence a Helios 2 que detém o recorde velocidade heliocêntrica, de 247 mil km/h, o recorde deve ser quebrado no dia 29 de Outubro também só que por volta das 23:54 hora de Brasília.

No dia 31 de Outubro de 2018, a Parker solar Probe começa o seu primeiro encontro com o Sol, que irá culminar com o periélio no dia 5 de Novembro de 2018, às 23:28 hora de Brasília.

Vamos começar a entender o Sol, de uma maneira sem precedentes na história, a Parker ainda vai nos dar muita alegria e quebrar muitos recordes, e trarei todos eles aqui para vocês, fiquem ligados.

#MeetESO

Fonte:

A Missão da Sonda Parker Solar Probe - Space Today TV Ep.875

Conheça os detalhes da missão que a NASA vai enviar para o Sol, a sonda Parker Solar Probe.

Se inscreva no canal Hoje no Mundo Militar:



E comente no vídeo do Marcelo Rios sobre o NRO:



Link Para a Loja:



Link Para o Vídeo da Loja:



SciCast Sobre Astronomia Amadora:



Oposição de Vesta:





=====================================================

Seja meu Patrão:



=====================================================

Seja um apoiador do Space Today:



=====================================================

Conheça a Agência Marcos Pontes e torne o seu sonho de conhecer o ESO em realidade:





=====================================================

Seja meu Patrão:



=====================================================

Apoio e apresentação:



A nova casa do SciCast

=====================================================

Science Vlogs Brasil:







=====================================================

Meus contatos:

BLOG:

FACEBOOK:

TWITTER:

YOUTUBE:

Obrigado pela audiência e boa diversão!!!

=====================================================

AO VIVO LANÇAMENTO DA SONDA PARKER SOLAR PROBE

AO VIVO AQUI:
x

As Principais Missões Que Já Estudaram o Sol - Space Today TV Ep.1404

-----------------------------------------------------------------------------

**** CONHEÇA A LOJA OFICIAL DO SPACE TODAY!



Camisetas, e muitos produtos para vocês. Visite!

-----------------------------------------------------------------------------

O Sol sempre despertou a curiosidade dos astrônomos, é a nossa estrela, a estrela responsável por sustentar a vida na Terra, e uma estrela cheia de mistérios. Desde sempre os astrônomos pensaram em mandar sondas para o espaço para estudar o Sol, e sim, já fizeram isso várias vezes. Nesse vídeo, preparei uma pequena lista daquelas que são consideradas as principais missões espaciais que já estudaram e ainda estudam o Sol.

Lançamento da Missão InSight Para Marte

x

Sonda Voyager 2 Entra no Espaço Interestelar - Space Today TV Ep.1616

--------------------------------------------------------------------

**** CONHEÇA A LOJA OFICIAL DO SPACE TODAY!



Camisetas, e muitos produtos para vocês. Visite!

-------------------------------------------------------------------------------

Para fazer parte do seleto grupo dos apoiadores!!!



-----------------------------------------------------------------------------

Em 1977 o ser humano lançou duas missões para fazer o chamado Grand Tour pelo Sistema Solar, as missões Voyager 1 e Voyager 2.

A Voyager 1, passou por Júpiter e Saturno e depois migrou para fora do nosso Sistema Solar, já a voyager 2, passou também por urano e Netuno antes de seguir o seu destino.

Em 2012, os cientistas que cuidam da voyager 1 detectaram que ela havia cruzado a heliopausa.

A heliopausa é uma bolha que protege os planetas do sistema solar, bolha que é gerada pelo vento solar, isso foi um marco.

Mas agora, em Novembro de 2018, a Voyager 2 também cruzou essa fronteira e pela primeira vez na história temos duas sondas navegando no chamado meio interestelar.

A voyager 2 está a cerca de 18 bilhões de quilômetros de distância da Terra, e o indício que ela deixou a heliopausa veio através de medidas feitas com o instrumento Plasma Science Experiment, esse instrumento parou de funcionar na Voyager 1, mas continua ativo na Voyager 2.

E esse instrumento media o fluxo de partículas emitidas pelo Sol, mas no dia 5 de Novembro de 2018, ele registrou uma queda na velocidade das partículas do vento solar, e desde então ele não observa mais partículas do vento solar, o que fez os cientistas comprovarem que a Voyager 2 saiu da heliosfera.

Outros três instrumentos que também funcionam na voyager 2 também fizeram medidas e as medidas estão todas de acordo, indicando que a sonda realmente deixou a heliosfera.

Uma coisa muito importante, embora tenha deixado a heliosfera, entrado no meio interestelar, a sonda não deixou o sistema solar.

O sistema solar é limitado pela Nuvem de oort, onde residem pequenos objetos do sistema solar, como os cometas. A Nuvem de oort começa a cerca de 1000 UA de distância do Sol e vai até 100 mil UA , levaria 300 anos para a voyager 2 chegar na borda interna e cerca de 30 mil anos para sair dela.

com isso, os cientistas irão conseguir aprender muito sobre o espaço interestelar, sobre os limites do Sistema solar, sobre a helisofera principalmente e esse será o legado mais espetacular que uma sonda com mais de 40 anos vai deixar para todos nós.

#Voyager2 #EspaçoInterestelar

fonte:

Será Que O Curiosity Encontrou Vida Em Marte? - Space Today TV Ep.1065

O ano começou agitado em Marte para o rover Curiosity.

O rover se deparou com duas descobertas interessantes e que podem estar relacionadas com a vida no Planeta Vermelho, uma delas está chamando muito a atenção por conta das imagens, a outra é mais, digamos elusiva.

Vamos falar primeiro dessa mais elusiva.

O rover Curiosity recentemente mediu um novo pico de emissão de gás metano em Marte.

Mas o que o gás metano tem relacionado com a vida?

Bem, na Terra, as emissões de metano estão em grande maioria relacionadas com processos biológicos, embora processos geológicos também causem a emissão do gás.

Desde que pousou em Marte em 2012, nas ocasiões que fez essas medidas, o Curiosity notou que em alguns momentos existem picos da emissão desse gás, o que seria uma emissão sazonal.

Esse na verdade é o grande mistério em Marte relacionado ao metano, por que ele tem um pico sazonal, isso ninguém conseguiu responder ainda, mas a sonda TGO, a Trace Gas Orbiter da ESA está lá para isso, e daqui a pouco ela começa a fazer medidas que serão cruciais para esse entendimento.

Muito provavelmente a fonte de emissão do metano seja geológica, o gás pode ficar absorvido nos poros das rochas e de tempos em tempos ocorre essa emissão. Ou pode mesmo estar relacionado a processo biológicos, como na Terra onde micróbios são responsáveis por isso. E aí qual a sua opinião?

Para instigar mais ainda a questão sobre vida em Marte, o rover que está escalando o Monte Sharp, fez imagens muito interessantes, onde mostrou rochas em formas de pequenos tubos nos afloramentos em Marte.

Lógico, não podemos negar as imagens, olhando num primeiro momento elas lembram muito alguns fósseis encontrados na Terra, ou tubos deixados por certos animais que posteriormente são preenchidos por sedimento, resultado de um processo conhecido como bioturbação, ou seja, a perturbação biológica causada nas rochas.

Os tubos encontrados em Marte, são muito pequenos, de tamanho milimétrico.

E provavelmente não estão relacionados com alguma forma de vida.

A explicação geológica para a presença desses tubos é que a rocha poderia possuir algum tipo de cristal e esse cristal foi então retirado dali por algum tipo de processo como a percolação de água.

Pode ser também um tipo de mineralização que aconteceu na rocha, ou algum tipo de concreção que também são encontradas em rochas na Terra.

Óbvio que como pesquisadores nenhuma hipótese é descartada, eles estão fazendo mais análises para poder ter certeza do que sejam essas feições.

Se for uma bioturbação, por exemplo, seria espetacular, pois mostraria que algum tipo de vida bem mais evoluída do que simples bactérias estiveram presente em Marte.

Temos que aguardar as análises futuras e eu trarei aqui no canal.

O importante de tudo isso é o seguinte, o rover não tem esse nome do nada, o Curiosity, realmente a cada imagem que faz de Marte, a cada análise que faz do planeta vermelho desperta e muito a nossa curiosidade sobre o que está acontecendo com o nosso vizinho planetário.

Outra coisa importante, não acreditem em tudo que vocês leem por aí, essa semana já tivemos o caso do zuma, e agora essas imagens de Marte que tem muita gente afirmando com certeza que são tipos de vidas que foram ali encontradas. Tomem muito cuidado com as fake news e com a desinformação que ronda por aí, vão atrás das fontes, leiam as fontes das notícias, e leiam diferentes análises, para poder construir uma visão crítica sobre o assunto.

Mas que desperta a nossa curiosidade isso desperta.

Fontes:











=====================================================

Seja meu Patrão:



=====================================================

Seja um apoiador do Space Today:



=====================================================

Apoio e apresentação:



A nova casa do SciCast

=====================================================

Science Vlogs Brasil:







=====================================================

Meus contatos:

BLOG:

FACEBOOK:

TWITTER:

YOUTUBE:

Obrigado pela audiência e boa diversão!!!

=====================================================

ENCONTRAMOS O SNOOPY - O MÓDULO LUNAR DA APOLLO 10?| SPACE TODAY TV EP.1861

PARA SE INSCREVER NO EVENTO COMEMORATIVO DOS 50 ANOS DO HOMEM NA LUA QUE ACONTECERÁ EM SÃO PAULO EM 21 DE JULHO DE 2019 ACESSE:



-------------------------------------------------------------------------------

SPACE TODAY STORE:



-------------------------------------------------------------------------------

Para fazer parte do seleto grupo dos apoiadores!!!



-------------------------------------------------------------------------------

Por incrível que possa parecer, uma das missões Apollo é tida como uma missão meio esquecida.

A missão Apollo 8 ficou famosa pois foi a primeira missão a dar uma volta ao redor da Lua, tem a famosa foto da Terra nascendo.

A missão Apollo 11 nem preciso falar, levou os primeiros humanos para pousar na Lua.

Entre as duas, tivemos a Apollo 9, que ficou famosa por levar pela primeira vez o módulo lunar para o espaço.

E a Apollo 10, uma missão esquecida, porém muito importante.

A Apollo 10 foi o ensaio completo para o pouso na Lua, os astronautas chegaram a descer ficar bem perto da Lua e retornar, eles chegaram a 14.5 km de distância da superfície lunar.

Depois de voltarem para o módulo de comando para retornar para a Terra, o módulo lunar foi ejetado e ficou vagando pelo espaço.

Desde então virou tipo um desafio para os astrônomos tentar encontrar o módulo apelidado de Snoopy.

O módulo acabou virando um NEO, aliás, não só ele, mas muitas outras sondas perdidas acabam virando NEOs, algumas como a Lunar Prospector, o terceiro estágio da Apollo 12, o estágio superior da missão Chang’e-2 da China, tudo isso já foi confundido com a Apollo 10.

Até que em 2018 foi descoberto um NEO chamado de 2018 Av2, que tem uma órbita de 382 dias ao redor do Sol, baixa inclinação orbital, baixa velocidade e meio que segue a Terra.

O objeto foi então listado como um objeto artificial.

Faltava confirmar.

Então, os astrônomos usando o Faulkes North Telescope no Havaí, o Faulkes Telescope na Austrália e dados do Catalina Sky Survey do Arizona, conseguiram chegar com uma precisão de 98% que o objeto é sim a Apollo 10.

O Snoopy se encontra a aproximadamente 34.7 milhões de km de distância da Terra e tem uma magnitude de +29.5.

Sua próxima aproximação com o nosso planeta acontecerá em 2037, quando ele passará a 4 milhões de km de distância da Terra.

Esse objeto não é o mais estranho que está por aí no espaço, lembrem-se do Tesla Roadster do Elon Musk.

Os astrônomos falaram que uma maneira interessante de verificar se é mesmo o módulo lunar da Apollo 10, seria lançar, o Falcon Heavy ou o Delta IV com cubesats para fazer imagens do objeto no espaço.

Dados de radar no futuro também poderão comprovar.

Vamos aguardar, e aí quem acha que deveríamos mandar cubesats para fotografar o provável Snoopy?

#Snoopy #Apollo10

Fonte:

mm m
x

Especial SpaceX - Space Today TV Ep.622

Nos últimos dias fomos praticamente floodados com muitas notícias sobre a SpaceX e a NASA com relação a Marte, Lua e outras coisas.

Vou tentar organizar as ideias aqui, para que possamos entender o que está acontecendo.

Primeiro, todos sabem que desde o momento em que o Elon Musk criou a SpaceX seu objetivo sempre foi o planeta Marte.

Porém existem etapas para chegar até lá e é necessário dinheiro.

O status atual da SpaceX é usar o seu foguete Falcon 9 para levar a cápsula Dragon até a ISS, cheia de carga.

O Falcon 9 é um foguete relativamente simples, está fazendo seu trabalho bem feito, mas ele só serve para a essa conhecida como órbita baixa da Terra.

Para os planos mais audaciosos do Elon, é preciso um foguete mais potente.

E esse foguete é o Falcon Heavy. E aí reside o primeiro grande problema de tudo que está sendo falado, esse foguete ainda não foi testado.

Ele deve ser testado ainda esse ano, e no final de 2018 voar com tripulação para além da órbita baixa da Terra.

O ponto é que seu voo de teste já foi adiado inúmeras vezes por problemas técnicos e de grana.

Partindo do príncipio que está tudo bem com o Falcon Heavy, a SpaceX tem dois planos.

Um, mandar o homem para a Lua. Mas nada de pisar na Lua.

A ideia é embarcar duas pessoas a bordo da cápsula chamada Dragon 2, uma versão maior e modernizada da cápsula Dragon.

A cápsula então faria um sobrevoo pela Lua e voltaria para a Terra.

Para que tudo dê certo a ideia é lançar a Dragon 2 no final de 2017 a bordo do Falcon 9 ainda, mas só com carga para a ISS.

Seis meses depois lançar uma primeira tripulação a bordo da Dragon 2 para ISS.

E então no final de 2018 lançar a missão para dar a volta na Lua.

Numa outra frente, os engenheiros trabalham na Red Dragon, para enviá-la para Marte e começar a dar vida ao sondo do Elon Musk.

Até a poucos dias se falava em mandar a Red Dragon para Marte em 2018, mas devido a problemas de recursos e também problemas técnicos, a próxima janela de lançamento seria 2020.

Então a missão da Red Dragon foi adiada para 2020.

Obviamente, todos os testes com o Falcon Heavy precisam ter dado certo para que esse voo da Red Dragon realmente aconteça em 2020.

Lembrando sempre do grande desafio de pousar em Marte, e do insucesso recente da missão Schiaparelli da ExoMars.

E a NASA como está em tudo isso?

Com relação a ida de astronautas para a ISS está tudo bem, a NASA tem um contrato com a SpaceX na casa dos 2 bilhões de dólares.

Quanto a ida para a Lua, praticamente no mesmo dia, a NASA anunciou que pretende fazer o teste do seu novo foguete, o SLS e da sua nova cápsula a Orion, com tripulação.

Lembrando que esse teste inclui uma volta na Lua. E que esse teste deve acontecer também em 2018.

Quanto ir a Marte, a NASA tem um planejamento para a década de 2030, mais ou menos a mesma data da SpaceX.

Existe uma disputa entre as duas?

Foi combinado?

Uma estava respondendo a outra?

Eu acredito que não seja nada disso, as empresas são parceiras, uma é uma agência, e contrata a empresa, elas trocam informações, mas o mais importante, é que estão cooperando e em breve voaremos para o espaço profundo.

Fontes:





SciCast Sobre Buracos Negros:



Oposição de Vesta:





=====================================================

Seja meu Patrão:



=====================================================

Seja um apoiador do Space Today:



=====================================================

Conheça a Agência Marcos Pontes e torne o seu sonho de conhecer o ESO em realidade:





=====================================================

Seja meu Patrão:



=====================================================

Apoio e apresentação:



A nova casa do SciCast

=====================================================

Science Vlogs Brasil:







=====================================================

Meus contatos:

BLOG:

FACEBOOK:

TWITTER:

YOUTUBE:

Obrigado pela audiência e boa diversão!!!

=====================================================

AO VIVO: Nasa lança a Parker Solar Probe ao Sol (adiado)

A Nasa lança na madrugada deste sábado (11) a sonda Parker Solar Probe. A janela se abre às 4h33 (de Brasília) e a meteorologia dá chance de 70% de boas condições para o voo do foguete Delta IV Heavy — segundo mais potente em operação hoje, perdendo só para o novíssimo Falcon Heavy da SpaceX. Acompanhe ao vivo com imagens direto de Cabo Canaveral, na Flórida, com comentários do Mensageiro Sideral.

5 Razões Para Esquecer Marte e Focar na Lua - Space Today TV Ep.1417

-----------------------------------------------------------------------------

**** CONHEÇA A LOJA OFICIAL DO SPACE TODAY!



Camisetas, e muitos produtos para vocês. Visite!

-----------------------------------------------------------------------------

O site The Conversation fez uma lista interessante, e lista sempre dá problema, então vamos lá, ele listaram 5 razões porque devemos atualmente focar na Lua e esquecer Marte por enquanto. Quero saber se vocês concordam ou não com a lista, se acham que devemos focar em Marte ainda, e se faltou algum ponto na lista a ser discutido. Usem as hashtags, #VamosParaLua ou #VamosParaMarte

Fonte:

Lançamento ao vivo: Parker Solar Probe (Lançamento adiado)

Acompanhe nossa transmissão ao vivo na madrugada do dia 11 de agosto, a partir das 03h50 da manhã (horário de Brasília).

A fim de desvendar os mistérios da atmosfera do Sol, a Parker Solar Probe usará a gravidade de Vênus durante sete sobrevoos ao longo de quase sete anos para aproximar gradualmente sua órbita do Sol. A espaçonave voará pela atmosfera do Sol a cerca de 3,8 milhões de quilômetros até a superfície de nossa estrela, bem dentro da órbita de Mercúrio e mais de sete vezes mais próxima do que qualquer espaçonave veio antes. (A distância média da Terra até o Sol é de 150 milhões de quilômetros.)

Voando para a parte mais externa da atmosfera do Sol, conhecida como corona, pela primeira vez, a Parker Solar Probe empregará uma combinação de medições e imagens para revolucionar nossa compreensão da coroa e expandir nosso conhecimento sobre a origem e a evolução dos ventos solares. Ele também fará contribuições essenciais para a nossa capacidade de prever mudanças no ambiente espacial da Terra que afetam a vida e a tecnologia na Terra.

O Planeta 9 Será Detectado Pelos Futuros Telescópios Gigantes? - Space Today TV Ep.1287

**** CONHEÇA A LOJA OFICIAL DO SPACE TODAY!



Camisetas, e muitos produtos para vocês. Visite!
-----------------------------------------------------------------------------

Será que o Planeta 9 um dia será detectado?

Vamos falar um pouco sobre isso.

Primeiro, um pergunta ou observação que sempre fazem, é a seguinte, como conseguimos detectar tantos exoplanetas, que estão a centenas de anos-luz de distância da Terra, mas o Planeta 9 que está no nosso Sistema Solar não conseguimos observar?

Bem, vamos lá, primeiro, no caso dos exoplanetas, embora existam sim imagens de exoplanetas, elas são muito poucas, o que se mais tem na verdade são curvas de luz, ou variações nos movimentos das estrelas que indicam a presença de um exoplaneta, no rigor da palavras nós não observamos esses exoplanetas, nós podemos inferir a existência deles.

No caso do Planeta 9 a sua detecção é diferente, nós precisamos observar esse planeta, ele deve estar muito longe do sol, e por isso reflete muito pouca luz, lembrando sempre que os telescópios podem ser resumidos como baldes de fótons, ou seja, quanto mais fótons um objeto emite mais fácil é a sua detecção, e no caso o Planeta 9 deve emitir poucos fótons.

Mas vocês sabem que existem fortes evidências para a existência do Palneta 9, estudos e simulações feitas com as órbitas dos chamados KBOs, indicam que suas órbitas são alinhadas e agrupadas, graças a presença do chamado Planeta 9.

Basicamente, é preciso ter mais tecnologia, telescópios maiores e com um bom campo de visão para poder quem sabe detectar o Planeta 9. E aí entra a segunda parte do que quero falar.

Nós sabemos que a partir de 2020, começarão a ser instalados o que é chamada de a próxima geração de telescópios, incluindo o TMT, o ELT, o GMT e um conhecido como LSST.

O Large Synoptic Survey Telescope é um telescópio de próxima geração que deve entrar em operação em 2022, ele tem um espelho de 8.4 metros de diâmetro, ficará localizado em Cerro Pachón no chile, mas o seu campo de visão será maior que os dos outros telescópios.

Ele fará varreduras do céu de forma completa e irá gerar uma quantidade absurda de dados.

Entre os principais objetivos do LSST está resolver o problema da matéria escura, e também procurar no Sistema Solar por objetos perdidos, por NEOs, cometas entre outras coisas.

com as caracterísitas do telescópio e com os dados aproximados do que seria o Planeta 9, um grupo de pesquisadores resolveu simular a detectabilidade dele pelo LSST.

A conclusão do trabalho é que o LSST terá sim a capacidade de detectar, observar o Planeta 9, se ele existir.

Os pesquisadores vão até mais longe um pouco eles falam que se o LSST não observar, possivelmente o Planeta 9 não exista, e aí, os astrônomos terão que encontrar outra explicação para o alinhamento das órbitas dos KBOs.

E vocês o que acham, que o Planeta 9 será descoberto antes, será descoberto pelo LSST ou por algum outro grande telescópio de próxima geração?

Fonte:



Artigo:





Seja meu Patrão:






=====================================================

Seja um apoiador do Space Today:





=====================================================

Conheça a Agência Marcos Pontes e torne o seu sonho de conhecer o ESO em realidade:








=====================================================


Seja meu Patrão:





=====================================================


Apoio e apresentação:





A nova casa do SciCast


=====================================================


Science Vlogs Brasil:












=====================================================


Meus contatos:


BLOG:


FACEBOOK:


TWITTER:


YOUTUBE:


Obrigado pela audiência e boa diversão!!!


=====================================================

Shares

x

Check Also

x

Menu